quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Existe...

E eu não consigo descrever. A perfeição é o perfeito. A perfeição existe. Mas nenhum humano é perfeito aos olhos de todos. Tu és perfeita. Mas eu não consigo descrever, porque por mais que tente, ninguém te vai achar tão perfeita como eu acho, logo não és a perfeição. Mas para mim és. Mas eu não consigo descrever.
Talvez o teu sorriso tímido não seja perfeito. Mas para mim é.
Talvez o teu corpo macio não seja perfeito. Mas para mim é.
Talvez o teu olhar provocador não seja perfeito. Mas para mim é.
Talvez eu esteja enganada. Mas para mim e enquanto eu te amar tu és perfeita.

Mais uma vez sonhei contigo. Porque te escondes nos meus sonhos?
Eu estou aqui, sou real. Beija-me e toca-me.
Na verdade eu gosto. Não pertence à realidade, mas eu gosto.
Afinal nunca estive tão perto de ti como nos sonhos.

É estranho como consegues mudar tanto tantas coisas.
É estranho como consegues por-me fora de mim com um toque apenas.
Quando me tocas o meu coração dispara. Só me apetece roubar-te de todos e levar-te para o vazio. E abraçar-te. E beijar-te. E tocar-te. E fazer amor contigo.
Quando me dás beijos, sinto calor. Dá-me vontade de beijar-te na boca e de dar-te a mão.
Era isso que eu queria. Uma espécie de sonho.
Andar contigo de mão dada e poder beijar-te. E poder tocar-te. E dar-te prazer.
És o meu sonho.

Todos os cantos do teu corpo beijam a perfeição...




...mas eu não consigo descrever.
Amo-te.

1 comentário:

Sara Grilo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.